últimas notícias

Notícias

Agro Centro-Oeste aproxima a agricultura familiar do mercado nacional e de exportação

Publicado em : 15/04/2019

Autor : Jornal do Professor

Responsável pela maior parte da arrecadação do agronegócio nacional, a agricultura familiar coloca o Brasil entre os dez maiores produtores de alimentos no mundo. Dados do Censo Agropecuário, realizado há cerca de dois anos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam que a atividade é a base da economia de 90% dos municípios brasileiros com até 20 mil habitantes. Além disso, a agricultura familiar é a renda de 40% da população economicamente ativa do país, e por mais de 70% do total de brasileiros que trabalham no campo.

Em Goiás, a atividade conta com um grande aliado: a Agro Centro-Oeste Agricultura Familiar. Idealizado no ano 2000 pelo reitor Edward Madureira Brasil e desenvolvido pela Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos da Universidade Federal de Goiás (UFG), o projeto garante apoio, profissionalização e fortalecimento dos produtores regionais. A professora e coordenadora da Agro Centro-Oeste, Graciella Corcioli, explica que no início a intenção era promover uma grande exposição tecnológica do agronegócio. “Não deu muito certo, porque já temos uma grande feira nesses moldes, que é a Tecnoshow Comigo, em Rio Verde. Então o professor Gabriel Medina começou a se interessar pelo evento e transformou ele em uma exposição da agricultura familiar”, conta.

Durante dois anos o evento acontece em Goiânia, e no ano que intercala a exposição é levada para algum município do interior do Estado. Este ano, o Centro de Eventos da UFG recebe os expositores entre os dias 29 de maio e 1º de junho, sendo o maior desafio atrair produtores de outros locais do Centro-Oeste. “Até hoje quem realizou o evento com a gente foi a UFG, o Instituto Federal Goiano e a Universidade Estadual de Goiás. Mas, a intenção é que o evento vá para outras instituições e outros Estados do Centro Oeste. Precisamos atrair expositores fora de Goiás também”, pontua Graciella.

Popularização
Em 2018, o projeto deu um importante passo em sua trajetória. A abertura de lojas colaborativas em shoppings centers da capital permitiu visibilidade e valorização dos agricultores familiares. A primeira loja colaborativa teve início em novembro no shopping Passeio das Águas, posteriormente o Shopping Cidade Jardim convidou os produtores para outro espaço em sua unidade. “A sociedade não está preparada para saber de onde vem os alimentos que ela consome. As pessoas têm a ideia de que vem de grandes áreas e produtores, e quando chegam aqui na loja elas têm um encontro direto com o produtor e se perguntam “nossa, isso aqui é a agricultura familiar que produz?”. Grande parte da comida que vai para a mesa do brasileiro é produzida pelo agricultor familiar e a sociedade não sabe disso”, critica Graciella.

Mais do que a comercialização de produtos da agricultura familiar, a Agro Centro-Oeste promove cursos, palestras, dias de campo, e outras iniciativas voltadas para a atividade. O professor e coordenador do projeto, Gabriel Medina, comemora a profissionalização dos produtores com o apoio de diversas áreas dentro da universidade. “Os produtos que apareciam na feira de 2011 eram produtos com acabamento muito inicial ainda. E ao longo do tempo esses empreendimentos foram amadurecendo com a chance de vir para Goiânia, expor na universidade, isso é uma coisa importante para a universidade também. No intervalo entre os eventos, a gente coloca esses agricultores para fazerem curso lá na Agronomia e os professores ensinam sobre Boas Práticas de Alimentação, manejo e processamento do alimento”, revela.

Engajamento
Para o sucesso da Agro Centro-Oeste, Medina aponta que a participação de outros cursos é fundamental. Além disso, a iniciativa é uma oportunidade para os alunos de graduação saírem dos muros da universidade e irem à campo conhecer os trabalho dos produtores. “Do projeto, derivam iniciativas dos próprios estudantes, por exemplo na Agro Centro-Oeste os alunos que possuem grupos de estudos passam pelos estandes para conversar com o produtor e conhecer a realidade dele, entender as dificuldades e oferecer solução. É muito interessante essa aproximação do aluno de graduação com o produtor, cria-se uma empatia, não apenas dos alunos de agrárias, mas também de outros cursos, como a Fanut, a Educação Física, A FAV que também nos ajuda e transforma o produto visualmente”, relata o coordenador.

Outro ponto comemorado por Medina é o crescimento da agricultura familiar, além do incentivo que a esfera pública tem promovido para a atividade, como por exemplo a criação do prêmio Prefeito Amigo da Agricultura Familiar. A premiação foi lançada durante a feira da Agro Centro-Oeste Agricultura Familiar e é destinada aos gestores municipais que estimulam o surgimento de cooperativas e associações de agricultores familiares. “Essa é a parte estratégica da Agro Centro-Oeste, garantir a visibilidade da agricultura familiar e provocar governo do Estado e municípios a se envolver com o segmento, esse é o legado do evento a longo prazo”, completa Medina.

 

Remover Filtro

Adufg oferece ônibus para mobilização do Proifes no Congresso Nacional, dia 23/04, e da SBPC no Ciência Ocupa Brasília, dia 8/5; inscreva-se!

18/04/2019

Sindicato também oferecerá alimentação aos professores que queiram participar dos atos contra a Reforma da Previdência e contra cortes para CT&I, respectivamente. Interessados precisam ligar no (62) 3202-1280 até segunda-feira, dia 22 de abril, informa

Em Assembleia Geral, maioria presente decide por paralisação pela educação no dia 15 de maio

18/04/2019

Observatório do Conhecimento é lançado em Brasília com participação do Adufg-Sindicato

17/04/2019

Resultado do sorteio da Sede Campestre para o feriado de Páscoa

17/04/2019

Governar sem pensar

16/04/2019

Artigo publicado no O Popular 

Em Águas Lindas de Goiás, professora do IFG é presa em sala de aula

15/04/2019

O paradoxo das coautorias em publicações acadêmicas

15/04/2019

Para o professor a prática poderá desencadear toda uma mudança na lógica da avaliação e na própria estrutura e dinâmica da produção científica mundial

Vozes do Grande Sertão

15/04/2019

Pesquisa realizada em parceria da UFG com a Unicamp rende documentário ‘Conversa Fiada’ sobre 15 mulheres fiadeiras tradicionais do interior mineiro

Adufg-Sindicato discute Reforma da Previdência na Emac/UFG

11/04/2019

Dia 25 de abril Adufg realiza vacinação contra gripe para professores e técnicos da UFG

10/04/2019

Com número limitado de doses, a venda da vacina tetravalente ocorre de forma antecipada na sede do sindicato por R$ 60. Campanha em Jataí acontece dia 26

voltar para página anterior
Adufg - Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás