últimas notícias

Notícias

Andifes, Proifes-Federação e entidades do ensino superior articulam frente pela democracia

Publicado em : 07/11/2018

Autor : Proifes-Federação

O PROIFES-Federação e entidades ligadas ao setor de educação e ensino superior reuniram-se nesta terça-feira, 6, para debater a conjuntura atual, em especial no que diz respeito à educação e ensino público, e para avaliar a criação de uma frente ampla em defesa da democracia, que envolva diferentes setores e segmentos sociais em defesa das pautas e principíos democráticos, como,  por exemplo, a defesa do ensino público, gratuito e de qualidade, a liberdade de cátedra e de manifestação, e avanços sociais conquistados ao longo das últimas décadas.

O PROIFES-Federação esteve representado por seu presidente, Nilton Brandão (Sindiedutec-PR), o tesoureiro Flávio Alves da Silva (ADUFG-Sindicato) e pelo diretor de assuntos educacionais do magistério superior Ênio Pontes (ADUFC-Sindicato). Participaram também representantes da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), que sediou a reunião em Brasília, União Nacional dos Estudantes (UNE), Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnicos-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra) e Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes).

 

No evento as instituições acordaram a proposta da Andifes de criação de uma frente suprapartidária em defesa da democracia, à qual as iniciativas de defesa da universidade pública se somam, com o objetivo de buscar mais entidades representativas de diferentes setores nacionais para ampliar o apoio. “Uma frente com presença e ação forte na sociedade brasileira. Há um conjunto de sinalizações de perdas de direitos, com ação direta na saúde e educação, principalmente retirando recursos que são garantidos constitucionalmente, e foram duramente conquistados. Temos preocupações com nossas instituições, e com as liberdades de manifestação. Por isso a proposta dessa frente ampla, não ligada a organizações político-partidárias, em defesa da democracia e das liberdades democráticas”, afirmou Reinaldo Centoducatte, presidente da Andifes.

“A Emenda à Constituição 95 já apontava para a precarização dos serviços públicos. O que vivemos durante o processo eleitoral, com ataques violentos às universidades e às minorias, se mantém no período pós-eleitoral, e creio que a próxima leva de ataques será aos sindicatos e à representação e ação sindical, por isso é de fundamental importância que esta frente pela democracia seja bem sucedida, e que ‘ninguém solte a mão de ninguém’, porque se ficarmos isolados, perderemos força rapidamente”, afirmou Brandão em sua fala.     

As entidades presentes à reunião acertaram a data de 4 de dezembro para a realização de mobilizações, atividades, palestras e ações nas Instituições Federais de Ensino (IFES) de todo o país, e no dia 5 de dezembro uma grande mobilização em Brasília, no Congresso Nacional, em uma audiência pública reunindo movimentos, lideranças e parlamentares em defesa das IFES, da Contituição Federal e da democracia. Em 6 de dezembro ficou marcada uma nova reunião das entidades na Andifes, para avaliação e novos encaminhamentos.

Para Flávio Silva, o primeiro passo na resistência e valorização da educação pública será a constução desta frente ampla em defesa da democracia. “Defendendo a democracia, consequentemente estaremos defendendo a Universidade pública, gratuita, livre e de qualidade”, diz o presidente do Adufg-Sindicato

Ênio Pontes destacou a necessidade desta frente em defesa da democracia de dialogar com diferentes públicos, para além da universidade. “Temos que nos organizar como frente com os parlamentares e movimentos sociais, desenvolver um plano de resistência para falarmos com diferentes setores da sociedade, para além de nós mesmos, da academia”.

Remover Filtro

Presidente do Adufg participa do 67º CONEG da UNE

26/03/2019

Estudantes, professores e sindicalistas debateram o combate à reforma da previdência e a defesa da educação pública e de qualidade

Primeira reunião do ano do GT Direitos Humanos do PROIFES define ações para 2019

26/03/2019

Nova Reforma da Previdência e prejuízos para as mulheres

25/03/2019

Em palestra no dia 3 de abril, no auditório da Biblioteca Central da UFG (Campus II), Rita Aparecida discute os problemas da proposta do governo que atingem as trabalhadoras

Diretora do Adufg é convidada para abertura de formação docente da UFG

22/03/2019

Na ocasião, Ana Christina Kratz falou da importância da atuação do sindicato na defesa aos professores

Ato contra a reforma da previdência fecha parcialmente a BR-153

22/03/2019

Adufg-Sindicato e outras centrais fizeram um protesto e uma carreata na manhã desta sexta-feira (22)

Insalubridade: Adufg questiona DP/UFG sobre descumprimento de liminar para não sindicalizados

22/03/2019

Ofício foi enviado à diretoria do órgão da universidade nesta quinta-feira, dia 21 de março. Professores sindicalizados já voltaram a receber o adicional  

 

Eduardo Rolim discute impactos da Reforma da Previdência proposta por Bolsonaro

22/03/2019

Diretor do Proifes e professor da UFRGS participou de seminário em Jataí, na UFJ

Trilhando um circuito diferente

22/03/2019

A professora Rosângela de Castro foi a primeira docente mulher do curso de Engenharia Elétrica

Contra a maré

22/03/2019

A atuação de mulheres pesquisadoras no interior de Goiás contribui para a emancipação feminina em todo o país, sobretudo na área de Ciência, Tecnologia e Inovação

Professores sindicalizados recebem adicional de insalubridade

21/03/2019
voltar para página anterior
Adufg - Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás