últimas notícias

Notícias

Na ADUFRGS, ex-reitor diz que universidade brasileira reflete segregação social

Publicado em : 08/06/2018

Autor : ADUFRGS

“É muito pequena a chance de ter uma universidade no Brasil capaz de produzir um conjunto de mudanças profundas na sociedade”, afirmou o ex-reitor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Federal do Sul da Bahia (UFSB), Naomar de Almeida Filho. Palestrante do ciclo de debates “A Universidade do Futuro” da última terça-feira, 5, no auditório da ADUFRGS-Sindical.

O professor Naomar lembrou que existem mais de 2,4 mil instituições de ensino superior no País. Destas, 197 têm o nome de Universidade, no entanto, “apenas 30 são, de fato, universidades”, ou seja, capazes de transformar a realidade. Para uma plateia qualificada e participante, o ex-reitor falou sobre os desafios e perspectivas da universidade brasileira.

Segundo ele, as universidades brasileiras têm cumprido mais a funções de educação superior do que funções de universidade. As razões elencadas são, por exemplo, o investimento na universidade, que teria como missão promover culturas acadêmicas, formação de intelectuais, criação e produção de conhecimento, crítica cultural e transformação social, e também porque elas não são essenciais para o sistema produtivo.

Naomar ressaltou que a universidade brasileira é muito orgânica à estrutura da sociedade brasileira. “A sociedade brasileira é profundamente desigual. Ela é promotora, o tempo inteiro, de segregações. E a nossa instituição contribui para isso”, afirmou. Como exemplo, o ex-reitor destacou que as instituições não se responsabilizam com quem não consegue acesso por meio de vestibular ou Enem, criando, assim, uma barreira. Ele também ressaltou o fato de que profissionais formados na universidade pública para atuarem na educação básica acabam migrando para o setor privado. Hoje, segundo o professor, a chance de um licenciado em Física, formado na UFRGS, ir para a escola pública é mínima.

A íntegra da apresentação do ciclo de debates “A Universidade do Futuro” você pode assistir aqui.

Aqui você confere os slides da apresentação do professor Naomar de Almeida Filho

Remover Filtro

Ações do Governo Federal comprometem a Educação brasileira

22/06/2018

Uma das estratégias mais graves para os serviços públicos foi limitar os gastos durante 20 anos 

FNPE faz balanço da CONAPE e aponta encaminhamentos para o próximo período

21/06/2018

EC 95 inverte lógica do PNE, e reduz investimentos em educação em vez de ampliar, diz Brandão na Câmara

21/06/2018

Cooperativa, uma alternativa para crescer

21/06/2018

Professor Serigne Ababacar, da UFCAT, quer mapear as cooperativas em Catalão e em todo o Estado

Arraiá em Jataí será dia 29/06

20/06/2018

Além das comidas e músicas típicas, o público também vai curtir a apresentação da quadrilha “Chapéu de Palha”

Convocada reunião do Conselho de Representantes - 28/06

20/06/2018

Dia do Cinema Brasileiro: Os desafios na conquista de público

20/06/2018

Problemas de distribuição e produções que dialogam com o público são gargalos no Brasil

 

É tempo de Arraiá no Adufg-Sindicato

19/06/2018

A festança contará com brincadeiras, comidas típicas e muita música

Professores da UFCAT discutem engajamento sindical e condições de trabalho

19/06/2018

Adufg e Face realizam campanha de doação de sangue

19/06/2018

Doações podem ser feitas nesta terça-feira (19) em frente ao ICB IV

voltar para página anterior
Adufg - Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás