últimas notícias

Notícias

Nota da APUBH: Em defesa da UFMG

Publicado em : 07/12/2017

Fonte : APUBH -

 

Foi com grande indignação que a diretoria do Sindicato dos Professores de Universidades Federais de Belo Horizonte, Montes Claros e Ouro Branco – APUBH recebeu logo pela manhã, a notícia de que o reitor da Universidade Federal de Minas Gerais, professor Jaime Arturo Ramirez, a vice-reitora, professora Sandra Regina Goulart Almeida e reitores e vice-reitoras de gestões passadas da Instituição foram conduzidos coercitivamente para prestar depoimento na sede da Polícia Federal em Minas Gerais.  A ação faz parte de uma operação intitulada pela PF de “Esperança Equilibrista” e que apura irregularidades e suposto desvio de recursos públicos nas obras de construção do Memorial da Anistia Política do Brasil.

Causa estranhamento a forma como a operação foi conduzida pela Polícia Federal que, antes de notificar a UFMG, nos parece informou a imprensa transformando a ação em um espetáculo midiático, a exemplo do que ocorreu em Santa Catarina. Tal atitude estabelece um processo de condenação pública e antecipada daqueles que foram chamados a prestar esclarecimentos, sem qualquer acusação formal.  Cria um circo em que coloca em xeque a credibilidade de uma das maiores e melhores instituições de ensino público do país e da América Latina, responsável pelo desenvolvimento de pesquisa de ponta e que possui em seu corpo docente professores e pesquisadores reconhecidos nacional e internacionalmente. 

A APUBH entende que os fatos devem ser investigados, para que a verdade surja e a justiça seja feita. Porém, condenamos o uso da “força bruta”, na forma dos mandados de condução coercitiva, pois existem modos mais “educados” para se “convidar” uma testemunha pública, de endereço conhecido e de conduta ilibada para prestar o seu depoimento.  O uso destes mandados nos remete à conduta da Polícia no contexto do Estado de Exceção: será que estamos voltando à ditadura?  Nos últimos meses, vivenciamos uma sequência de agressões à universidade pública, por meio de cortes orçamentários, suspensão de investimentos, culminando na ação truculenta da PF na manhã de hoje.

Neste difícil momento, por qual passa a UFMG, mais do que cores partidárias, disputas internas por poder na instituição ou em suas unidades, nós temos que nos unir em defesa dessa Universidade que é referência na produção do conhecimento e da luta pelo ensino público, gratuito e de qualidade.

 

Diretoria da APUBH

Remover Filtro

Adufg-Sindicato propõe novas atividades para aposentados da universidade

21/08/2018

Reunião do Nepev contou com a participação do Professor Walmirton Tadeu D' Alessandro

Comunidade da UFG tem acesso livre à plataforma Elsevier

21/08/2018

Está liberado, a toda a comunidade da UFG, o acesso à Biblioteca Digital e-volution pelo período de 60 dias

Nova diretoria da Faculdade de Farmácia toma posse

20/08/2018

Presidente do Adufg-Sindicato, Flávio Alves da Silva, esteve presente na solenidade

UFG deve lançar campanha contra assédio moral

20/08/2018

Orlando Amaral recebe título de Cidadão Goiano

20/08/2018 Mariza Fernandes Santos / Secom-UFG

Orlando foi reitor da UFG entre 2014 e 2017

Movimentação de pessoal na visão do Governo Temer: uma análise da Portaria 193 do Ministério do Planejamento

20/08/2018

Consulta eletrônica – saúde do homem

20/08/2018

O Adufg-Sindicato deseja saber o seu interesse em serviço voltado para a saúde do homem

VI Sarau dos Aposentados acontece no dia 18 de setembro com o tema "Primavera das Artes"

17/08/2018

Evento vai contar com diversas atividades culturais gratuitas
 

Sábado com Ciência movimenta Escola de Engenharia

17/08/2018 Ascom UFG

Evento acontece dia 18 de agosto a partir das 9h

Novo endereço da subsede administrativa de Jataí

17/08/2018
voltar para página anterior
Adufg - Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás