Notícias

Autor: Ascom Adufg-Sindicato

Publicado em 14/11/19 - Notícias

Atividades gratuitas encerram campanha Outubro Rosa e Novembro Azul na UFG

Na última quarta-feira, 13, espaço entre a Emac e o Centro de Convivência recebeu debates e apresentações culturais

Atividades gratuitas encerram campanha Outubro Rosa e Novembro Azul na UFG

Desde o mês passado, a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio do Sistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor (Siass) e em parceria com diversas instituições, realizam ações dentro das campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul. As atividades gratuitas chamam a atenção para a saúde do homem e da mulher cis e trans.

Na última quarta-feira, 13 de novembro, às 9 horas, uma série de atividades foram promovidas no espaço entre a Escola de Música e Artes Cênicas (Emac) e o Centro de Convivência, no Câmpus Samambaia, marcando o encerramento das campanhas. Na parte da manhã, duas palestras foram ministradas e abordaram os temas “A saúde é TRANSversal” e “Felicidade, autonomia e autocuidado”.

No período vespertino, foi realizada uma roda de conversa com a temática “TRANS em evidência!”. Participaram o professor da UFG Camilo Braz, a coordenadora de Ações Afirmativas da UFG Marlini Dorneles, a advogada Cynthia Barcellos, a psicóloga Beth Fernandes e o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho em Goiás, Tiago Ranieri de Oliveira.

Shows e apresentações culturais

Além disso, houveram diversas apresentações artísticas: apresentação de dança (Fefd/UFG), concerto da Camerata de Cordas Jean Doulliez (Emac/UFG), Banda Sinfônica Juvenil de Goiânia, Coral Vozes do Cerrado, Rimas e Rosas: Batalha de Rap das Minas, Iná Avessa, Terra Cabula, DJs Amann, Enigmática, Llock e Lú Santos.

"É uma grande satisfação participar dessa campanha que levanta a bandeira da saúde e da cultura. Há três anos que nós viemos com rimas e rosas expandindo a cultura e falando sobre saúde da mulher, do homem e das pessoas transgênero de forma abrangente", afirmou a DJ Lú Santos. Para ela, a musicalidade contribui para chamar a atenção sobre a importância do cuidado com a saúde.

O maestro Gil, do Coral Vozes do Cerrado, reitera que as artes e a música são aliadas à saúde, a exemplo da musicoterapia. "Ajudamos com várias vozes, chamando a atenção para a relevância da prevenção e auxiliando os objetivos do evento". Para o maestro, a campanha é um alerta não só para a comunidade interna da UFG, mas para toda a sociedade.

Também foi realizada uma campanha de doação de cabelo. Os doadores receberam o corte de cabelo e todas as mechas arrecadadas foram doadas ao Hospital Araújo Jorge para confecção de perucas para pacientes com câncer.

Foto: Banda Terra Cabula.