Notícias

Autor: Ascom Adufg-Sindicato

Publicado em 10/03/20 - Notícias

Veneno de insetos pode virar tratamento para tuberculose

Pesquisa realizada pelo Instituto de Patologia e Medicina Tropical encontrou no veneno do escorpião e vespas substâncias capazes de matar bactérias causadoras da doença

Veneno de insetos pode virar tratamento para tuberculose

Dados do Ministério da Saúde apontam que a tuberculose faz pelo menos 70 mil vítimas todos os anos no Brasil, sendo 4,5 mil delas fatais. A estatística é ainda mais assustadora quando comparada às cerca de sete mil pessoas que abandonam o tratamento sem antes de finalizá-lo. Essa interrupção dos medicamentos é o principal motivo da doença ainda causar tantos óbitos, uma vez que ela pode levar os pacientes à resistência aos antibióticos.

Um estudo do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (IPTSP) da Universidade Federal de Goiás (UFG) descobriu no veneno das vespas e escorpiões uma substância que pode ajudar no tratamento contra a tuberculose. A descoberta dos pesquisadores foi a presença de peptídeos (pequenos pedaços de proteína) antimicrobianos no veneno do inseto e do artrópode que são capazes de se ligar na superfície da bactéria impedindo a troca de nutrientes e atrapalhando a parede celular, resultando na sua morte.

Ficou curioso? A pesquisadora e docente Ana Paula Junqueira Kipnis conta mais detalhes sobre esse método alternativo que promete mais eficácia. Dê o play em nosso Adufg Científica!