Notícias

Autor: Ascom Adufg-Sindicato

Publicado em 25/06/2020 - Notícias

Folha: Bolsonaro anuncia Carlos Decotelli, ex-presidente do FNDE, para Educação

Folha: Bolsonaro anuncia Carlos Decotelli, ex-presidente do FNDE, para Educação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou o ex-presidente do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) Carlos Decotelli, 67, para ser ministro da Educação.

"Informo a nomeação do Professor Carlos Alberto Decotelli da Silva para o cargo de Ministro da Educação. - Decotelli é bacaharel em Ciências Econômicas pela UERJ, Mestre pela FGV, Doutor pela Universidade de Rosário, Argentina e Pós-Doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha", disse o presidente.

Decotelli, oficial da reserva da Marinha, vai suceder Abraham Weintraub, que foi demitido da pasta na semana passada após uma série de desgates com o STF (Supremo Tribunal Federal).

É o primeiro ministro negro do governo Bolsonaro.

O nome Decotelli recebeu apoio da ala militares, sobretudo de almirantes. Teve também a simpatia do ministro da Economia, Paulo Guedes.

 

É considerado de perfil conciliador e moderado por pessoas próximas. Ele comandou o FNDE de fevereiro de 2019 até agosto do ano passado.

Mais cedo, Bolsonaro comunicou Renato Feder, secretário de Educação do Paraná, de que ele estava fora do páreo nesta quinta-feira (25). O secretário se reuniu ao menos duas vezes com o presidente.

Um dos motivos que levaram o secretário a desidratar na bolsa de apostas foi o fato de ele ter sido um dos doadores da campanha de João Doria (PSDB-SP) ao governo de São Paulo em 2018.