últimas notícias

Notícias

Liberdade de cátedra: orientações aos professores

Publicado em : 04/12/2018

Autor : Bordas Advogados Associados

Sob o falso dogma da verdade e da neutralidade, diversos atos estão sendo realizados e incentivados por figuras públicas e autoridades contra a liberdade de cátedra, contra a liberdade de ensino e contra a pluralidade de ideias em escolas, institutos e universidades de todo território nacional.

Projetos como o “Escola sem Partido” e atos estimulados sob esse mesmo viés principiológico confundem a educação escolar com aquela que é fornecida pelos pais, e, com isso, os espaços públicos e privados; impedem o pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas; e negam a liberdade de cátedra e a possibilidade ampla de aprendizagem. Assim, é importante conscientizar e trazer amparos para que o professor possa ministrar suas aulas sem medo e receio de ataques sofridos.


O que fazer se o direito do professor for violado em sala de aula ou no espaço universitário? 

Para responder a essa pergunta, diversas entidades organizaram-se para elaboração de materiais com orientações aos docentes sobre a divulgação e reprodução de materiais apresentados em aula, entrada de pessoas estranhas na sala e como o professor deve proceder se for ameaçado.

CONFIRA ABAIXO AS CARTILHAS:

1 - Cartilha elaborada pelo Coletivo Nacional de Advogados de Servidores Públicos – CNASP: clique aqui.

2 - Cartilha elaborada pela Federação de Sindicato de Professores e Professoras de Instituições Federais do Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico – PROIFES: clique aqui.

3 - Destaca-se, ainda, o Manual de Defesas das Escolas. O manual foi construído coletivamente e assinado por mais de 60 entidades e organizações, apoiado pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, Ministério Público Federal e Malala Fund. O Manual de Defesa contra a Censura nas Escolas foi elaborado como uma resposta às agressões dirigidas a professoras e professores e a escolas como estratégias de ataque de movimentos reacionários à liberdade de ensino e ao pluralismo de concepções pedagógicas, princípios previstos na Constituição Federal (1988).  Acesse aqui.

 

Remover Filtro

“Com EC 95 não há como planejar futuro”, diz PROIFES na Frente Parlamentar pela Valorização das Universidades Federais

26/04/2019

PROIFES realiza mais uma ação no Congresso contra a Reforma da Previdência

26/04/2019

Adufg imuniza quase 700 pessoas contra a gripe

25/04/2019

Campanha de vacinação aconteceu nesta quinta-feira, dia 25 de abril, na sede administrativa do sindicato

Sindicato comunica UFG sobre paralisação do dia 15 de maio

25/04/2019

Integrantes do Grupo Gwaya recebem premiação

25/04/2019

Trofeu Baobá será entregue em evento que acontece entre os dias 26 e 28 de abril

 

Prazo para se inscrever no V Encontro de Aposentados acaba nesta segunda-feira

24/04/2019

Eleição para representantes na CPPD será realizada dia 29 de abril

24/04/2019

Samba e feijoada no primeiro Sabadart do ano

23/04/2019

Professores sindicalizados e seus dependentes não pagam. Convidados pagam R$ 20,00

Cancelada Assembleia Extraordinária do dia 24/04

22/04/2019

Divulgaremos em breve nova data para a Assembleia que discutirá a continuação do regime previdenciário aos egressos de outros entes públicos (municipais e estaduais)

Insalubridade: há algo a se esconder?

22/04/2019

UFG nega ao Adufg-Sindicato acesso a laudos dos professores

voltar para página anterior
Adufg - Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás