Notícias

Autor: Ascom Adufg-Sindicato

Publicado em 24/01/20 - Notícias

Ato “celebra” aniversário da Previdência Social e dia do aposentado

Com críticas à Reforma, centrais sindicais defenderam o direito integral do trabalhador à aposentadoria

Ato “celebra” aniversário da Previdência Social e dia do aposentado

Apesar da forte chuva que atingiu a capital nesta sexta-feira, dia 24 de janeiro, os 97 anos da Previdência Social e o Dia do Aposentado foram marcados por manifestações. Com o apoio de tendas, guarda-chuvas e capas, representantes de diversas centrais sindicais se reuniram na Praça do Bandeirante, no Centro de Goiânia, em defesa dos direitos dos trabalhadores e contra a nova Previdência. Com distribuição de bolo e show artístico, as entidades “comemoraram” as datas com críticas ao governo federal, à desvalorização do trabalho formal e o desmonte do serviço público.

O Diretor de Assuntos de Aposentadoria e Pensão do Adufg-Sindicato, Abraão Garcia Gomes, representou a instituição no ato. Durante discurso, o docente aposentado lembrou a Emenda de número 41/2003 que aumentou a contribuição dos aposentados e pensionistas ao plano de seguridade social, situação que piorou ainda mais com a nova reforma da Previdência Social aprovada ainda no ano passado. “O Adufg está acompanhando a reforma desde que a proposta surgiu e nós conclamamos a todos os professores a lutarem conosco contra essa nova Previdência. Aliás, essa luta não é apenas de nós professores, mas de toda sociedade brasileira. Temos que lutar contra esse governo fascistas que está trazendo grandes prejuízos para todos os trabalhadores”, afirmou o diretor.

Fernando Mota, que é coordenador geral do Sint-Ifes em Goiás, defendeu o direito do trabalhador brasileiro à aposentadoria. “Milhares de pessoas estão aguardando para se aposentar pelo INSS. O governo quer destruir a Previdência Social, tirar os direitos dos trabalhadores, afundar o País. Não podemos deixar que isso aconteça, temos que continuar a nossa luta. Nenhum direito a menos!”, disse.