Notícias

Autor: Ascom Adufg-Sindicato

Publicado em 06/04/2020 - Notícias

Câmara aprova PEC 10/2020 sem incluir cortes salariais dos servidores públicos

Adufg-Sindicato repudiou emendas propostas pela bancada do Partido Novo

Câmara aprova PEC 10/2020 sem incluir cortes salariais dos servidores públicos

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou na sexta-feira (03/04), em primeiro turno, a PEC 10/2020, chamada de “Orçamento de Guerra”. As emendas 4 e 5, propostas pela bancada do Partido Novo, que previam a redução de até 50% dos salários de servidores públicos, foram retiradas.

O Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato) acompanhou a movimentação e repudiou, na última semana, as emendas propostas pela bancada do Novo. “Causa estranheza que um partido que se intitula ‘Novo’ opte por deixar nas costas do funcionalismo público os prejuízos causados pela pandemia de coronavírus", diz trecho da nota divulgada pelo sindicato.

Durante a votação, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acatou reclamação da deputada Perpetua Almeida (PCdoB/AC), e considerou inadmitidas as emendas nº 4 e 5, que previam a redução salario e que já haviam sido rejeitadas pelo relator em seu substitutivo, por ser matéria estranha à PEC. Assim, as emendas foram rejeitadas definitivamente, já que não puderam ser apreciadas pelo Plenário da Câmara.

A rejeição das emendas é uma vitória para todos os servidores e exalta a importância da mobilização da categoria no cenário de incertezas que enfrentamos no País. O Adufg-Sindicato reitera seu compromisso na luta em defesa dos direitos e dos serviços públicos. “Estamos atentos para combater qualquer tentativa de retirada de direitos dos servidores”, afirma o presidente Flávio Alves da Silva.