Notícias

Autor: Ascom Adufg-Sindicato

Publicado em 01/10/19 - Notícias, Saúde

Campanha Setembro Amarelo do Adufg foi finalizada com atendimentos e palestra sobre depressão que acomete 322 milhões de pessoas no mundo

Práticas Integrativas foram oferecidas aos professores filiados e aos pensionistas do Sindicato

Campanha Setembro Amarelo do Adufg foi finalizada com atendimentos e palestra sobre depressão que acomete 322 milhões de pessoas no mundo

Na tarde de ontem, 30 de setembro, o Adufg realizou diversas atividades voltadas para a saúde física e mental dos seus filiados e pensionistas. As ações fazem parte da campanha do Setembro Amarelo promovida pelo Sindicato sobre a conscientização do suicídio e a depressão.

As atividades tiveram início com atendimentos que incluíam aferição de glicose e de pressão arterial, além de sessões de auriculoterapia, aromaterapia e Ynsa. O Laboratório Padrão e o ambulatório da Faculdade de Enfermagem da UFG por meio do Programa Saúde do Trabalhador ofertaram os serviços. 

Daniela Dallegrave, professora da Faculdade de Enfermagem (FEN) da UFG e diretora do Ambulatório de Práticas Integrativas, responsável pelas sessões de auriculoterapia, aromaterapia e Ynsa, destacou que as sessões dos tratamentos funcionam como estímulos ao nosso corpo para que ele funcione da melhor maneira possível.

A docente também explicou a ótima recepção por parte dos professores, que demonstraram grande interesse nas práticas. “As pessoas estão sempre muito abertas para esses cuidados eficazes e que tenham a ver com um estilo de vida mais saudável”, afirmou a profissional.  

Diretora de Assuntos Educacionais, de Carreira e do Magistério Superior do Adufg e professora da Faculdade de Educação da UFG, Geovana Reis, foi uma das participantes da ação. Ela defendeu a importância da campanha do Setembro Amarelo. “Os índices de adoecimento de alunos e professores são preocupantes. Precisamos tratar desses temas frequentemente. Necessitamos ficar atentos”. 

Palestra

Em um segundo momento, tivemos uma palestra sobre depressão ministrada pelo psicólogo Marcelo Ribeiro Montefusco. Os tipos de depressão, disparadores da doença e os tratamentos disponíveis, foram alguns dos pontos abordados. O profissional também reservou um espaço para perguntas dos participantes. “Toda informação é importante. É alertar as pessoas a como se defenderam da depressão, porque muitos acreditam que não podem sair da doença”, pontuou Montefusco.

A Diretora de Convênios e de Assuntos Jurídicos do Sindicato, Ana Christina Kratz, foi a idealizadora das atividades do Setembro Amarelo na entidade e relata que as ações tiveram o objetivo principal de auxiliar na identificação dos sintomas e falar sobre o tema que ainda é um tabu na sociedade. “Isso pode ser um diferencial na hora de auxiliar conhecidos acometidos pela depressão”.