Notícias

Autor: Ascom Adufg-Sindicato

Publicado em 23/09/19 - Notícias

Reunião discute ações estratégicas para paralisação dos dias 2 e 3 de outubro

Encontro entre centrais sindicais e lideranças estudantis aconteceu hoje, 23. Aulas públicas nas ruas e manifestações compõem a agenda da greve nacional

Reunião discute ações estratégicas para paralisação dos dias 2 e 3 de outubro

Representantes de centrais sindicais e lideranças do movimento estudantil se reuniram na manhã de hoje, 23 de setembro, para discutirem a paralisação geral da Educação, prevista para acontecer nos dias 2 e 3 de outubro. Realizado na Sede aAdministrativa do Adufg-Sindicato, o encontro foi coordenado pelo diretor Administrativo da instituição, João Batista de Deus, e pela diretora de Convênios e de Assuntos Jurídicos, Ana Christina Kratz.

A reunião contou com a participação do presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Iago Montalvão. O estudante criticou a postura do governo federal com os recentes cortes orçamentários, de bolsas, a proposição do programa Future-se e, recentemente, a proibição de emissão de carteira de estudante pela UNE. “O orçamento do ano que vem para as universidades está sendo votado no Congresso e estão propondo um valor ainda menor, abaixo da inflação inclusive. Somente a luta dos estudantes, dos professores, dos técnicos administrativos pode recuperar a nossa universidade”, argumentou.

Para o presidente do SINT-IFESgo, João Pires, as últimas mobilizações tiveram pouco engajamento dos participantes. Ele criticou a desmobilização das categorias e entidades, e convocou uma maior participação de todos no processo de luta. “Precisamos pensar não como uma paralisação ou mobilização, mas como greve mesmo. Realizar ações mais ostensivas, fechar ruas, avenidas e rodovias. Dificuldades nós sempre teremos, mas só vamos derrotar um governo anti povo, com povo na rua”, pontuou.

O diretor Administrativo do Adufg-Sindicato, João Batista de Deus, concordou com Pires. Segundo ele, é necessário que todos saiam da zona de conforto. “Se preciso for, vamos em todas as unidades acadêmicas realizar assembleias, debate”, sugeriu.

Agenda de mobilizações 

02/10/2019 (Quarta-feira) - das 8 às 12 horas: Educação e Ciência na Rua 

Aula pública com debates para divulgação das atividades e pesquisas que são promovidas nas instituições de ensino. 

Local: Avenida Goiás entre a Rua 3 e a Avenida Anhanguera em frente ao Grande Hotel - Setor Central; 

03/10/2019 (Quinta-feira) - a partir das 16 horas

Concentração a partir das 16 horas: Praça Universitária 

Passeata às 17 horas: percorrendo a Avenida Universitária - Praça Cívica - Rua Dona Gercina Borges e concentração final na Alameda dos Buritis em frente à Assembleia Legislativa (Alego).