últimas notícias

Notícias

Em Águas Lindas de Goiás, professora do IFG é presa em sala de aula

Publicado em : 15/04/2019

Autor : Ascom

A O Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) noticiou em rede social, nesta segunda-feira (15), a prisão da coordenadora geral Camila Marques da entidade no Câmpus Águas Lindas do Instituto Federal de Goiás (IFG), local em que a professora trabalha.

Segundo a publicação da entidade no Facebook, a Polícia Civil do Estado de Goiás estava no câmpus desde o início das atividades acadêmicas do dia. De acordo com o site Blog do Esmael, uma das versões é de que Camila Marques foi presa em sala de aula por não permitir a entrada de policiais no local. Outra explicação seria de que o motivo da detenção foi a “doutrinação” da professora sobre os alunos.

Pouco depois das 13 horas, a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB) retificou a notícia, destacando que “a professora foi detida em sala de aula, no exercício da profissão, por impedir que agentes de segurança interrogassem seus alunos”.

“A Assessoria Jurídica Nacional (AJN) do sindicato está acompanhando o fato, dirigindo-se ao local da detenção”, informou ainda a nota postada, que até o começo da tarde já recebeu 361 compartilhamentos.

O site do jornal Correio Braziliense diz que a Polícia Civil afirmou que "os agentes estavam na unidade para investigar uma denúncia, após o diretor da unidade registrar, no domingo (14/4), uma ocorrência de ameaça de um atentando semelhante ao ocorrido na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), em 13 de março".
O jornal diz ainda que, conforme a corporação, "após o diretor mostrar a sala dos alunos suspeitos, os policiais pediram que a professora acompanhasse as buscas nos pertences dos estudantes. A docente, no entanto, se recusou e começou a filmar a ação policial", e teria recebido voz de prisão. "No boletim de ocorrência, consta que ela resistiu a entrar na patrulha e os policiais usaram de força e algema para deter Camila", conta o jornal.

A professora prestou depoimento na delegacia e foi liberada às 13h10.

Remover Filtro

Adufg elege seis Delegados para o 15º Encontro Nacional da PROIFES-Federação

14/06/2019

Paralisação mobiliza a Universidade Federal de Goiás

14/06/2019

Paralisação contra Reforma da Previdência e os bloqueios da Educação reúne 15 mil manifestantes em Goiânia

14/06/2019 Comunicação Adufg

Movimentos também aconteceram simultaneamente em Jataí, Catalão e outras cidades do interior goiano

Encontro de Aposentados começa neste domingo

14/06/2019

Evento vai reunir docentes da inativa entre os dias 16 e 19 junho, em Caldas Novas

7 razões para sair às ruas hoje contra a Reforma da Previdência e em defesa da Educação

14/06/2019 Observatório do Conhecimento

Convite para Missa de Sétimo Dia do professor Jose Nicolau Heck

13/06/2019

Pressão recupera R$ 1 bilhão cortados da Educação

13/06/2019 Observatório do Conhecimento

Mobilização contra cortes segue para garantir 4 bilhões que seguem bloqueados

Oficina de bordado trabalha com identidade cultural goiana

13/06/2019

Curso está agendado para os dias 24, 25 e 26 de junho com a professora Ana Cristina Guimarães

Professores poderão votar até às 17 horas de amanhã, 14 de junho

13/06/2019

14J: Aula nas ruas pela Educação pública e contra a Reforma da Previdência

12/06/2019
voltar para página anterior
Adufg - Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás